Procon Recife realiza pesquisa para a Black Friday e encontra variação de preço em produto de até 116%

24.11.22 - 12H19
LEVANTAMENTO

O Procon Recife divulgou nesta quinta-feira (24) pesquisa de preços para ajudar o consumidor que vai às compras na Black Friday, liquidação anual de produtos, realizada na última sexta-feira de novembro, que neste ano ocorre no dia 25. Foram pesquisados 41 itens entre produtos eletrônicos, (fogão, máquina de lavar roupas, microonda, liquidificador, fritadeira elétrica, ar condicionado) e  aparelhos eletrônicos, (notebook, televisor, celular tablet, impressora, fone de ouvido, produtos de segurança para casa inteligente). Fizeram parte da pesquisa 11 estabelecimentos, sendo oito lojas físicas e três virtuais. Aperte aqui e confira a pesquisa completa.

A pesquisa aponta que é possível encontrar um determinado tipo de liquidificador por R$129,99 e até R$280,90, uma variação de 116,09%. Uma lâmpada dicroica inteligente consta na pesquisa com valores que vão de R$58.08 a R$120,51, um acréscimo de 107%. O consumidor vai encontrar um modelo de celular sendo vendido por R$1.211,19 e R$2.499,00, uma variação de 106,33%.Um fone de ouvido apresentou variação de preço de 72,07%, sendo comercializado por R$205,00 e R$352,75.
  
De acordo com o secretário-executivo do Procon Recife, Pablo Bismack, a pesquisa tem como objetivo apoiar a população nas escolhas mais conscientes, informando onde encontrar o  produto com o menor e maior valor e com dicas importantes para evitar cair nas armadilhas das falsas promoções. "É importante pesquisar o preço, as condições e as especificações do produto e caso o consumidor encontre alguma irregularidade, deve denunciar junto ao Procon Recife", ressaltou. A população pode registrar reclamações no site  procon.recife.pe.gov.br e denúncias no email denunciaproconrecife@recife.pe.gov.br.
 
 Confira as dicas do Procon Recife:

•    Evite clicar em links e ofertas recebidas por e-mail ou redes sociais de preferência digite o endereço do site.
•    Use o computador com programa de antivírus,  rede de conexões seguras e acesse sites confiáveis em ambientes protegidos.
•    Fique vigilante em  relação ao sistema de segurança oferecido pela loja virtual.
•    Evite compras que só aceitam pagamentos em boleto bancário. É preciso desconfiar de quem apenas vende por essa modalidade nas compras a distância.
•    O consumidor que adquire produtos em  loja on-line, por telefone ou catálogo tem o chamado direito de arrependimento, podendo devolver o produto no prazo de até 7 dias após o recebimento